Redes sociais x Estresse e ansiedade

Nunca estivemos tão conectados quanto nos últimos anos, são inúmeras as formas que podemos manter contato com pessoas que conhecemos ou não. Ao mesmo tempo que as redes sociais nos permitem uma maior proximidade com pessoas e notícias é possível notar que o mundo por lá parece bem mais bonito e feliz, não é mesmo?

Sem perceber deixamos as redes sociais moldar o nosso dia a dia, afetar nossas visões de mundo, nosso humor e até nossa ideia do que queremos para a vida. Quantas vezes você se sentiu mal humorado vendo algumas postagem no Facebook ou Instagram? Pelo menos uma vez isso deve ter acontecido.

O grande problema é que as redes sociais mostram apenas uma parte da vida que permitimos compartilhar com outras pessoas, em geral é a parte bem sucedida, e com isso acaba trazendo ansiedade para os usuários, pois aumenta nossa autocobrança de estarmos sempre felizes, plenos, bem sucedidos e realizados.

Mas eu vou contar um segredinho pra vocês: NINGUÉM É BONITO, FELIZ, DISPOSTO E TOTALMENTE REALIZADO O TEMPO TODO! Isso é muito utópico, a vida de todos é composta de altos e baixos, momentos bons e ruins, risos e lágrimas, vitórias e perdas.

Quando permitimos que as redes sociais sejam a bússola que nos guiam em busca de objetivos impossíveis temos mais ansiedade, mais dificuldade para enfrentar os obstáculos, pois parece que as coisas ruins só acontecem com a gente. Afinal, vamos ser honestos, todo mundo quer parecer feliz no Facebook, bem sucedido no Linkedin e bonito no Instagram.

Vou exemplificar o que estou tentando lhes dizer:

Quando você olha a foto de um casal feliz no Facebook e você está solteiro ou passando por crises no seu relacionamento, você acaba se sentindo mal por não estar tão feliz quanto eles. Ou a foto de uma família unida em uma festa, parece que eles estão sempre sorrindo, né?

Não, eles não são felizes o tempo inteiro, essas pessoas passam por problemas. Toda família tem discussões, somos humanos e temos pensamentos diferentes e em algum momento temos atrito, a questão é saber lidar com eles sem cobranças.

Assim como o casal feliz da foto tem momentos de desentendimento e brigas, dúvidas sobre o relacionamento e ciúmes.

Agora e o Linkedin já percebeu como os profissionais de lá amam seu local de trabalho e o que fazem? Pois é, a maioria não ama, muitos ali gostariam de estar fazendo coisas diferentes, estão passando por estresse onde trabalham, “engolem” alguns sapos, mas precisam manter as aparências, afinal ali é a rede social em que seu currículo pode ser observado por qualquer um. Se você está desempregado ou insatisfeito com seu trabalho, saiba que muitos dos seus contatos também estão, mas todos tem chances de melhorias. Seus objetivos vão ser diferentes e seus valores também, talvez uma pessoa é feliz trabalhando a qualquer hora do dia, e você goste de ter o seu horário definido. Deixe as cobranças de lado, cada um tem um objetivo e um momento profissional diferente.

Uma das redes sociais que acho mais tóxica hoje em dia é o Instagram, ele é de extremo apelo visual pois as fotos estão em muita evidência e por isso sempre vemos pessoas lindas por lá. Parece que as pessoas tem dinheiro pra viajar o ano todo, fazem a dieta parecer fácil, e se comparar com as garotas de biquini é uma injustiça com sua autoestima. A maioria das fotos contém filtros, posições muito elaboradas, várias tentativas de foto até encontrar a perfeita, isso sem contar nas edições de imagem. Querer se comparar com essas fotos é um grande erro, pois elas não são tão reais assim. Conheço casos de pessoas que para ganhar curtidas em uma foto fazem de tudo para organizar o ambiente, estar bem vestidas, maquiadas e com o ângulo perfeito, ou pessoas que vão a viagens e shows e passam mais tempo postando fotos do que curtindo o momento.

O que quero dizer pra você que está lendo esse post é que você tem o direito (e dever) de viver sua vida sem pensar nas redes sociais. Você não precisa postar que está feliz o tempo todo, mas deve aceitar que as outras pessoas também não são. É normal passar por momentos difíceis, ter dúvidas, ficar descabelado, usar aquela roupa rasgada, não saber o que fazer da vida, afinal ISSO NINGUÉM MOSTRA NAS REDES SOCIAIS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *